REAL Emillie e Thiago

Este foi o primeiro casal de gravidinhos que fotografei dentro da minha proposta “REAL” (Retratos de Essência, Amor e Luz – para saber mais, clique aqui). E não poderia ter sido mais perfeito! 

Nos conhecemos umas duas semanas antes, na casa deles. Que casa fofa! Toda cheia de detalhes que, vê-se de cara, foram escolhidos a dedo. Cada canto tem uma história. E os donos são ainda mais impressionantes. Lindos, receptivos, apaixonados, alegres… Ah, que delícia que é conversar com eles! ^^

E então chega o dia do ensaio. Logo que comecei a preparar o equipamento, eu ouço: “Não sei o que fazer” – eles estavam receosos, como é de se esperar pra quem não está acostumado com câmeras. Mas rapidinho esqueceram disso. Ao longo do ensaio, a gente bateu papo, a gente riu, contou histórias, falou bobeiras… Pronto, eles estavam à vontade. Era sua essência que estava ali.

Momento propício para gente conversar sobre coisas mais “profundas”. E começamos com, nada mais nada menos, uma música que Thiago compôs pro filho Tom. Sim, ele é músico nas horas vagas. E sim, o nome do filho é Tom – pertinente, não? 

E então ele pegou o violãozinho do Tom (sim, ele comprou um fofo mini-violão pro filho ), e tocou e cantou. Ahhhh, que música linda. Ahhhh, quanto amor. Ahhhh, aqueles olhinhos brilhando da Emillie. Foi um momento encantador.

Logo em seguida, começamos a conversar sobre a responsabilidade que é gerar e educar um filho, sobre as dificuldades da sociedade de hoje, sobre seus medos e seus desejos. Eles se abriram, falaram sobre seus planos, sobre o que esperam pro Tom, sobre o que admiram um no outro. Eles se entregaram, se emocionaram, choraram, sorriram, sentiram. E o Tom sentiu. Este foi um momento de entrega, de verdade, de genuíno amor.

Pedi que eles encerrassem com uma oração, da forma como eles achassem melhor. Me afastei, pois este momento era só dos três. Com as mãos postas sobre a barriga, de olhos fechados, eles externaram todo o seu amor através da pura e verdadeira Fé. Este foi um momento de plena e profunda luz.

Com o ensaio concluído, eu recebi um dos abraços mais carinhosos da minha vida. “Obrigado por isso”, eles disseram. Ao fim, era uma a mais com olhinhos marejados.  E este, finalmente, foi um momento de extrema gratidão.

E foi assim meu primeiro ensaio REAL. Foi emocionante, revigorante, energizante. Foi real.

Obrigada, Emillie e Thiago. Vocês foram fantásticos.

Nas fotos: Emillie, Thiago e Tom.