Retratos de Bruna

Há algum tempo, ela me pediu pra fazer um ensaio, mas, em meio a encontros e desencontros, acabou que não saiu. O tempo passou, muita coisa aconteceu e, um dia desses, marcamos de nos ver e agendamos uma data. Dessa vez saiu! E, então, eu consegui entender o porquê de o ensaio não ter acontecido antes… naquela época, ela vivia um momento difícil, com o qual eu, na minha mentalidade da época, não saberia lidar. Hoje, eu posso dizer que vivi experiências que me fizeram entender o real significado de um ensaio de “retrato”, e, neste momento, eu consegui enxergá-la como ela precisava ser retratada. Ela, por sua vez, já estava em uma outra fase de sua vida, uma fase de descobertas, de novos caminhos, de uma busca incansável pela sua luz interior, sua felicidade e sua liberdade.

Durante o tempo que passamos juntas, brincamos como se voltássemos a ter 15 anos, compartilhamos experiências, filosofamos. Torço para que ela encontre seu caminho e siga com força e muita fé, porque, como já percebemos, Ele sabe o que faz.

Nas fotos: Bruna Fioresi.